SOS Movimento Educação responde a incidentes de Torres Vedras

Posted: 2011/06/03 in Notícias

A Associação de Pais do Externato de Penafirme (Torres Vedras), membro activo do SOS MOVIMENTO EDUCAÇÃO, pertence a uma escola com contrato-associação que presta serviço público gratuito a cerca de 1800 alunos, dos quais 50% oriundos de famílias carenciadas.”

“Não existe qualquer alternativa ao Externato de Penafirme. A escola pública estatal fica a cerca de 30 km de distância.

Esta escola fez hoje uma acção pelas 13 horas, onde José Sócrates almoçou.

A acção teve 3 dimensões:
1. Uma avioneta no ar a sobrevoar o espaço do almoço: Um antigo aluno do Externato, que nasceu no seio de uma família carenciada, mas pelo esforço do trabalho e da escola subiu na vida e é hoje piloto de uma importante companhia de aviação. Deu o seu contributo com este serviço aéreo como agradecimento a tudo o que a escola fez por ele.
2. Um camião junto ao restaurante: Uma mensagem para José Socrates “1800 crianças perdem a sua escola….PORREIRO PÁ!!”. Foi uma ironia a uma política de ataque que este governo tem realizado contra estas escolas.
3. Durante o almoço: Finalmente, após o PS ter feito publicidade no jornal local, convidando toda a população para estar presente no almoço, 2 pais e 2 alunos de 12 anos decidiram marcar presença. A organização, assim que percebeu a presença de pessoas ligadas à escola, aproximou-se delas e hostilizaram-nas, levando-as a sair da sala. Uma das crianças e um dos adultos, o presidente da associação de pais, Paulo Gonçalves e com um grau de deficiência de 60% foram inclusive empurrados. Estas 4 pessoas nunca esboçaram um comentário que fosse (isso aliás, foi testemunhado pelos jornalistas presentes).

Não contentes com este desfecho vários apoiantes do PS e o Presidente de Câmara de Torres Vedras Carlos Miguel saíram atrás das pessoas acusando esta associação de estar ligada a outros partidos.

Existem imagens gravadas nas televisões onde o Presidente de Torres Vedras mostra um folheto que indica que o PSD, CDS e CDU são os únicos partidos que têm mostrado interesse pela causa (o que é verdade).

O Presidente de Câmara insinua algo de grave, dizendo ainda que os cortes orçamentais vão obrigar o Externato a desviar menos dinheiro do financiamento público para o patriarcado. Estas acusações são muito graves e merece uma reacção da igreja.

Este protesto vem relembrar a decisão ideológica deste governo em querer acabar com este projecto educativo. O Externato de Penafirme e demais escolas afectas ao SOS MOVIMENTO EDUCAÇÃO, sempre tiveram uma atitude proactiva durante as campanhas eleitorais, tendo as últimas presidências sido um bom exemplo disso. Estranhamos também esta atitude do PS, dado que Manuel Alegre sempre recebeu muito bem esta causa de escola pública de contrato-associação durante a sua campanha.”

in destak.pt – 01.Jun’11 – 19h57

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s